03 agosto, 2011

Varanasi, às margens do sagrado rio Ganges, na Índia

O mês de Julho é o mês da deusa Shiva e há muitos peregrinos que andam centenas de quilômetros, para levar água para Shiva

A pobre vaca, comendo saco plástico no lixo
Barbeiro ao ar livre!!

A cidade é banhada pelo Ganga, o rio Ganges, que é para os Hindus, sagrado, a mãe divina e a salvação quando eles morrem. É onde rezam muito, mas também se banham, lavam roupas e jogam corpos cremados ou meio cremados ou sem cremar... É super sujo e super poluído. Sabemos que é sagrado para os Hindus, mas crenças a parte, o rio é muito nojento!

Essencial
- Passeio de barco, as margens do rio Ganges, para assistir uma celebração chamada Puja, que acontece toda noite;
- Acordar às 6h00 da manhã, para ver os rituais ao nascer do sol no Ganjes. O melhor é ir de barco, para ver e assistir tudo: banhos, higiene pessoal, rezas e mais rezas, cantorias, e talvez até cremação (que não pode fotografar, nem do barco, por respeito).
Importante
- Os hotéis vendem o passeio de barco e custa por volta de Rs100, por pessoa, cada 1 hora de passeio;
- Em Julho chove muito e se Rio Ganges estiver muito cheio, os passeios de barcos são proibidos pela polícia, mesmo assim tem muita gente que vende o passeio, que é super perigoso, fique esperto e se informe no hotel. Nós não conseguimos fazê-lo, estava proibido, mas vimos tudinho. Mas se o passeio de barco for um ponto extremamente importante para você, é melhor não arriscar e vir em outra época.

Como chegar
Está a 1h15 minutos de vôo de Delhi, viemos de Spice Jet por U$100, ida e volta, por pessoa com todas as taxas ida e volta.
Daqui é possível voar...
...para Khajuraho, lugar dos templos com dentalhes eróticos.

Hotéis na cidade antiga, próximos ao Ganges
Se o foco é o rio Ganges, o melhor é dormir perto dele. Porque a cidade é enorme e o transito é infernal. 
Hotel Divya, muito simples. Mas a localização é ótima, perto do Ganges. Ao lado do hotel tem também lavanderia, uma “vendinha” que vende até queijo processado, lan house... Custou Rs1350 por um double room.

Se quiser pagar mais e melhorar a hospedagem...
Palace Ganges, é lindo, bem perto do Ganges, um double room, custa por volta de Rs5.500.

Dicas
- Os hotéis dão um mapa com as indicações das portas para o Rio Ganges, que são várias, mas as principais são a Dasashwamedh Ghat, para ver os rituais, lavagens de roupas... A Manlkaranika Ghat e a Harishchandra Ghat que são crematórios.
- Um rickshaw do nosso hotel até o Ganges, na porta Dasashwamedh Ghat, custou Rs40 ida e volta.
- A cidade de Rishikesh, por volta de 7 horas de Delhi de ônibus ou carro, é a nascente do rio Ganges e é uma outra opção para conhecer o Ganges. Ali, foi onde os Beatles escreveram várias musicas do “White Album”, também tem muitos Ashram (centros de yoga e meditação) e é conhecida como o “capital mundial da Yoga”.
Na cidade, o trânsito é muito mais caótico do que nas outras e as vielas são estreitíssimas, passando motos, vacas, tuk tuk, tudo junto.
Viemos, para ver o Ganges e o que acontece em torno dele, que é um espetáculo a parte, mas é um desses lugares que você vai e sai dali não sabendo se deveria ter vindo! Sempre vale pela experiência!
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...